PSICOLOGIA REALIZA A 3ª EDIÇÃO DO ABRIRAM-SE AS PORTAS DA UNIVERSIDADE PARA LOUCURA – FPM NA LUTA.

O mês de maio é dedicado ao Movimento da Luta Antimanicomial caracterizado pela luta dos direitos das pessoas com sofrimento mental, comemorado no dia 18 como Dia Nacional da Luta Antimanicomial. Neste sentido o Curso de Psicologia da FPM realiza todos os anos a edição do ‘Abriram-se as Portas da Universidade Para Poucura – FPM na Luta’, este ano realizado no dia 22 de maio com o lema – ‘Liberdade é o melhor cuidado’.

Convite da Edição 2019

Nesta 3º Edição da FPM na Luta, contou com a participação além do Curso de Psicologia, também os cursos de Estética, Educação Física, Odontologia, Pedagogia, todos os funcionários do Campus Universitário da FPM Unidade-JK e claro os Profissionais e as Pessoas atendidas no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) do município de Patos de Minas.

Os cuidados em saúde mental no Brasil e no mundo já foram sinônimos de exclusão social das pessoas em sofrimento psíquico grave, traduzindo tratamento em internações em manicômios, em sua maioria, em condições sub-humanas deflagrando um histórico de desrespeito aos direitos humanos destes cidadãos. Diante desta realidade, profissionais, usuários, familiares e sociedade civil se uniu em torno de um grande movimento social que tem como objetivo principal combater a segregação e o preconceito que ainda existe em torno das questões do adoecimento psíquico.

A Professora Aline Fernandes, que é a idealizadora do Projeto junto a Coordenação de Curso destacou que o evento tem como principal objetivo ofertar um espaço de socialização e troca de saberes entre discentes, docentes e funcionários da FPM, profissionais da rede de saúde mental do município de Patos de Minas e pacientes desta rede de cuidados, favorecendo também espaços de interlocução sobre o cuidado em saúde mental aberto e promotor de autonomia.

Já o Coordenador do Curso Professor Junior Antoniassi disse que devido o movimento da luta antimanicomial contar com muitos avanços nos objetivos propostos, ainda observamos que os manicômios “invisíveis”, que se traduzem em atitudes preconceituosas, de não respeito ou não promoção de autonomia destes sujeitos, ainda estão muito presentes. Sendo assim, eventos como o do presente projeto tem como objetivo, não apenas comemorar os avanços já atingidos nessa luta, mas também lembrar que a mobilização social em torno da temática deve persistir cotidianamente. Por isso este evento é importante e marcante no ambiente universitário.

Durante o FPM na Luta, os convidados são recebidos com um café da manhã pela comunidade acadêmica, depois são oferecidas oficinas pelos cursos participantes. Logo após outro momento de integração ocorre com o almoço que é servido para todos e posteriormente atividades culturais. O evento também teve a participação do radialista e vereador David Balla que esteve prestigiando.

Os professores Junior e Aline, destacou que o evento é um engajamento de todos e principalmente dos alunos, mas o apoio da Direção Geral da FPM é fundamental para que ele ocorra, pois assim vamos cumprindo nossa responsabilidade social. Ademais, um evento que é 100% gratuito e realizado com parcerias. E os professores destacam como parceiros – Enigma Loja, H2dê Boutique, Maísa Laços, Camomila Brechó, Solers Irrigação Sistemas Ambientais, Arterapia – Angelita é Shirley, Nereu – capoeira, Dona Bete e família da Cantina Universitária, Eskizito Bar e Restaurante, Cemil, Panattos, Viação Pássaro Branco, Supermercado Avenida, Cerâmica Trevo, Supermercado Bernardão, os Professores Jéssica, Marcelo, Karla, Cíntia, Danielle, Arthur, Guilherme Bessa e Constance; sem esta parceria nada poderia ter dado certo.

O professor Antoniassi agradeceu a todos envolvidos e destacou a importância de romper as barreiras e aproximar as pessoas, por isso ele destaca o empenho da Profa. Aline que organiza este evento e faz a Psicologia da FPM se colocar como diferencial na formação profissional.

Deixe uma resposta